18 de out de 2012

Faça seu próprio driver de impressora usb no Linux

Alguns programadores estão familiarizadas com o uso de impressoras usando a porta direta /dev/lp0 ou porta USB /dev/usb/lp0. Mas essa funcionalidade parecia que havia deixado de existir no Ubuntu 12.04. Na verdade ela apenas foi desabilitada por padrão.

5 de out de 2012

Marlin, alternativa ao Nautilus

Marlin
As melhorias feitas no Nautilus deram ótimas funcionalidades a ferramenta mas deixou o acesso lento. É notável essa lentidão logo ao abrir a Pasta Pessoal. Isso me deixou muito triste por ser meu gerenciador de arquivos favorito.

Então eis que surge o Marlin.



18 de set de 2012

PostgreSQL - Recriando template1

Se seu template1 foi corrompido ou deletado de alguma forma, você poderá recriá-lo a partir do template0. Mas há um problema: o template1 é um banco de dados modelo (template database).

A solução rápida para isso é conectar como superusuário, setar template1 como não sendo um banco de dados modelo, eliminar e recriar o template1 a partir do template0:

13 de set de 2012

Produtividade com o $PATH

$PATH é uma variável do sistema Linux que indica trajetória (tradução do inglês) dos binários (executáveis dos programas), que podem ser executados sem indicar o caminho completo (geralmente ele é muito longo) da onde eles estão.

Agora descubra seu $PATH:

9 de set de 2012

Rsync: por quê e pra que usar?

O rsync é um grande aliado na hora de fazer backups ou quando é necessário sincronizar duas pastas com um grande volume de arquivos. Ele permite sincronizar o conteúdo de duas pastas, transferindo apenas as modificações. Ele não trabalha apenas comparando arquivo por arquivo, mas também comparando o conteúdo de cada um. Se apenas uma pequena parte do arquivo foi alterada, o rsync transferirá apenas ela, sem copiar novamente todo o arquivo.

Veja como ele é simples:
Para fazer um backup local, basta informar a pasta de origem e a pasta de destino, para onde os arquivos serão copiados, como em:
$ rsync -av /media/hd1tb/documentos /mnt/backup/ 

Saiba mais sobre o rsync no seu manual
$ man rsync

Fonte: Usando o rsync - Hardware.com.br (antigo Guia do Hardware)

17 de ago de 2012

Fazendo Ubuntu >= 11.10 rodar x11vnc na inicialização



Entrando com SSH na máquina remota.
Passo 1: Instale x11vnc, caso já não esteja instalado:
sudo apt-get install x11vnc

Configure uma senha:
sudo x11vnc -storepasswd /etc/x11vnc.pass
Uma senha será pedida. Esta é apenas a segurança básica. O recomendado seria configurar seu firewall para permitir apenas o acesso local ao servidor VNC.

Passo 2: Crie uma tarefa de inicialização. Isso é diferente das versões anteriores do Ubuntu.
Edite o arquivo /etc/init/x11vnc.conf com seu editor favorito:
sudo vim /etc/init/x11vnc.conf

Digite o trecho abaixo:
start on login-session-start
script
/usr/bin/x11vnc -xkb -auth /var/run/lightdm/root/:0 -noxrecord -noxfixes -noxdamage -rfbauth /etc/x11vnc.pass -forever -bg -rfbport 5900 -o /var/log/x11vnc.log
end script
Salve o arquivo e saia do programa de edição.


Happy days!


Fonte: http://iamtasmanian.net/2012/02/24/making-ubuntu-11-10-run-x11vnc-on-startup-solution

22 de jun de 2012

Instalando Evolus Pencil 1.3 no Ubuntu 12.04


Evolus Pencil

O projeto Pencil tem uma única missão, que é construir uma ferramenta grátis e livre para o desenvolvimento de diagramas e protótipos GUI que todos possam utilizar.

Até a versão 1.2 era possível encontrar arquivos .deb para a instalação no Ubuntu, mas parece que o suporte acabou tendo em vista que a biblioteca Xulrunner, o qual o Pencil utiliza, não está presente nos repositórios do Ubuntu 12.04. E agora, desistir da
aplicação? Acho que não.





Instalação do Xulrunner

Xulrunner é uma biblioteca para a construção de aplicativos e é desenvolvida pela Mozilla Foundation, a mesma que criou e mantem o Firefox.

A instalação do Xulrunner é bem simples tendo em vista que ele já vem compilado, tudo que temos que fazer é colocá-lo em um local apropriado e ele irá funcionar. Primeiro vamos baixar a versão 13. Depois extraia o arquivo, por exemplo, para seu diretório pessoal. Logo após execute os comandos num  terminal:

$ sudo su
# cd /home/usuario
# mv xulrunner /usr/local/lib
# ln -s /usr/local/lib/xulrunner/xulrunner /usr/bin/xulrunner

Pronto. Dessa forma já temos o Xulrunner instalado e visível para ser executado.

Outras versões podem ser encontradas em http://ftp.mozilla.org/pub/mozilla.org/xulrunner/releases/

Instalação do Evolus Pencil

Como não temos o .deb teremos que criá-lo a partir do .rpm. Para isso instalaremos o utilitário alien. Baixe o arquivo .rpm e salve-o em seu diretório pessoal. Abra um terminal e execute os comandos abaixo:

$ sudo su
# apt-get install alien
# exit
$ alien evolus-pencil-1.3-4.noarch.rpm
$ sudo su
# dpkg -i evolus-pencil_1.3-5_all.deb

Agora basta ir até o menu Aplicativos → Desenvolvimento → Pencil.

20 de jun de 2012

top vs htop

Nós usuários de sistemas GNU/Linux de vez em quando temos a necessidade de saber quais processos estão em execução na máquina.

O comando top é bastante usado para fazer essa atividade.

Veja o exemplo abaixo. ↓ top



O Htop é menos conhecido, porém bastante eficiente, o htop nos da mais opções para monitorar os processos.

Veja o exemplo abaixo. ↓ htop



O htop é colorido tornando o programa mais atrente, sem falar que a forma que ele mostra as informações na tela é bem mais simples em comparação ao top.

Informações como, uso da memória, swap, uso do processador, uptime (quanto tempo a máquina está ligada) são vistos de uma forma bem mais organizada.

Sua vida fica mais fácil, pois é exibido um pequeno menu abaixo com algumas opções que podem ser usadas.

O htop além de mais rápido, possibilita o usuário usar o mouse para navegar entre os processos, por exemplo.

O htop ou contrário do top não vem instalado por padrão nas distruições linux, sua instalação é bem simples.

Sistemas baseado em Debian$ sudo apt-get install htop

Sistemas baseado em RedHat$ su yum install htop

Após instalado o htop pode ser achado em Aplicativos > Ferramentas do Sistema > Htop. Ou no terminal digite htop, pronto.

Agora é só fazer um bom uso de seu novo gerenciador de processos.

VLW









6 de jun de 2012

Como colocar número de páginas no BrOffice Writer?

Tem como a numeração de página começar a contar a partir de uma página X?

A partir da versão 3, faça assim:
  1. Clique no fim da página anterior à página X.
  2. Escolha Inserir > Quebra manual.
  3. Configure o tipo Quebra de página e estilo Primeira Página.
  4. Clique na página X.
  5. Escolha Inserir > Rodapé > Primeira Página.
  6. Clique no rodapé.
  7. Escolha Inserir > Campos > Número da página.
  8. Com o mouse por cima do rodapé aparecerá um botão azul Rodapé (Primeira Página). Clique nesse botão e escolha Formatar rodapé.
  9. Na aba Organizador, configure o Próximo estilo para Primeira página.
  10. Formate da forma que quiser. 
Pronto! A partir daí, vai estar configurado para mostrar o número de página a partir da página X.




Se você quer setar uma numeração de página inicial arbitrária, faça:
  1. Clique no primeiro parágrafo do documento.
  2. Escolha Formatar > Parágrafo > Fluxo de texto.
  3. Em "Quebras", ative Inserir.
  4. Ative "Com estilo de página" para poder definir o novo Número da página.
  5. Escolha o número em que inicia a numeração de páginas.
  6. Clique em OK.
O novo número da página é um atributo do primeiro parágrafo da página.

OBS: A posição onde você inclui o número da página fica por sua conta. Você pode numerar ou não. Siga as instruções acima.

6 de mai de 2012

[Android] Ubuntu Remote Control

Galera, essa é uma dica pra quem tem Android e quer fazer dele um controle remoto para seu Ubuntu.

O app é o Ubuntu Remote Control.




Segundo a descrição do app, ele funciona para:
  • Ubuntu
  • Mint
  • Gentoo
  • Qualquer linux
Funções:
  • controle do áudio play/stop/prev/next e volume
  • tirar uma screenshot do Ubuntu e enviar pro seu Android
  • tirar uma foto com a Webcam e enviar pro seu Android
  • desligar
  • reiniciar
  • travar e destravar a tela
  • abrir o tocador de áudio
  • enviar comando de teclado
  • enviar comando shell qualquer

Você precisará:
  • do servidor SSH instalado no seu Ubuntu.
$ sudo apt-get install openssh-server
  •  dos pacotes xdotool e ethtool
$ sudo apt-get install xdotool ethtool

Para configurar o WakeOnLan, faça:
  • $ sudo ethtool -s eth0 wol g
  • Insira as duas linhas abaixo dentro do script /etc/rc.local
sleep 5
ethtool -s eth0 wol g
  • Abrao arquivo /etc/init.d/halt e altere:
NETDOWN=no
  • Verifique e ative Wake On Lan e/ou Wake on PCI(E) na bios da sua placa-mãe

19 de abr de 2012

Ubuntu - Reconfigurando resolução do monitor


A primeira opção para corrigir problemas na resolução do monitor é executar novamente o script de detecção de hardware. Este procedimento também é útil caso você tenha trocado sua placa de vídeo ou monitor depois de instalar o Ubuntu.
Depois de fazer a cópia de segurança, feche todos os programas que estão sendo executados e digite no terminal
sudo dpkg-reconfigure xserver-xorg 

Irá aparecer o menu de configuração e será perguntado se você quer autodetectar seu hardware de vídeo. Basta selecionar sim e aceitar as opções padrão apertando enter. Depois de terminado reinicie o X e você voltará para a tela de login.
Caso este procedimento não tenha resolvido seu problema pode tentar o próximo procedimento contido na página da wiki oficial do Ubuntu-BR.

Fonte: http://wiki.ubuntu-br.org/CorrigindoResolucaoMonitor

9 de abr de 2012

Converter Imagens para PDF

Uma maneira rápida e simples de converter imagens (jpg) para um único arquivo em PDF é usando o ImageMagick. No Ubuntu você pode instalar seguindo os passos a seguir. Abra um terminal, e:

$ sudo apt-get install imagemagick

Depois vá ao diretório onde estão as imagens, e:

$ convert *.jpg arquivo.pdf



Também é possível converter para outros formatos, por exemplo de uma imagem png para jpg:

$ convert imagem.png imagem2.jpg


Mais exemplos aqui.

7 de abr de 2012

Autorando DVD

Esses dias precisei converter filmes para DVD-Vídeo de 4,7GB. Tentei o DeVeDe, mas era muito limitado e single-thread.

Então, pesquisei rapidamente na Central de Programas do Ubuntu e encontrei o DVD Styler.

Muito legal mesmo. Fez exatamente o que eu precisava. Recomendo.

http://www.dvdstyler.org


5 de abr de 2012

PostgreSQL - Diferença de Timestamp em segundos

SELECT extract(epoch from (timestamp '2012-04-04 14:30' - timestamp '2012-04-04 12:35'))
Vai retornar 6900 double precision, ou seja, 6900 segundos.

6 de fev de 2012

NetBeans 7.1


NetBeans 7.1

Lançado em 5 de Janeiro de 2012, a versão 7.1 do IDE NetBeans, agora desenvolvida pela Oracle veio com várias novas funcionalidades. Vou listar as que eu particularmente acho mais úteis, pelo menos do ponto de vista das que eu mais vou utilizar (por exemplo, funcionalidades relacionadas ao JavaFX não serão o
o foco).



Novos Refatoramentos

Um refatoramento bastante útil é o que troca a chamada demasiada de um método e substitui por uma única chamada e atribui o valor a uma variável local. Ex. suponha o seguinte método:

public double calculatePrice() {
  if (getBasePrice() > 1000) {
    return getBasePrice() * 0.95;
  } else {
    return getBasePrice() * 0.98;
  }
}

Note que a chamada ao método getBasePrice() é feita três vezes. É muito provável que este método seja caro para a aplicação, no sentido de que ele deve executar algum cálculo toda vez que é chamado.
Neste caso o ideal seria chamá-lo apenas uma vez e atribuir o valor a uma variável.
Para isso basta clicar com o botão direito no método getBasePrice(), Refatorar → Introduzir variável...
Selecione a expressão desejada, dê um nome a nova variável. Note que é possível torná-la final e/ou
substituir todas as ocorrências. Pronto. Seu código agora deverá ser da seguinte maneira:

public double calculatePrice() {
  double basePrice = getBasePrice();
  if (basePrice > 1000) {
    return basePrice * 0.95;
  } else {
    return basePrice * 0.98;
  }
}

Renomear

Um problema grande de renomear algum atributo de instância no NetBeans era de que os metodos get e set ainda ficavam com o nome antigo. Agora já é possível mudá-los ao renomear um atributo.

Mudar tipo de retorno do método

Caso você crie um método, e ao terminar de escrevê-lo se dá conta que deveria retornar um valor, ou
que o tipo de retorno está incorreto é possível mudar utilizando as Dicas do NetBeans. Quando uma lâmpada com um ponto de interrogação aparece é possível chamar um menu com dicas do IDE. O atalho para isso é o Alt+Enter. Daí basta escolher a opção Alterar o tipo de retorno do método para...

Importar classes ao copiar e colar

Quando um código Java é copiado, os tipos que são usados pelo trecho de código são gravadas. Quando o trecho é colado, você tem a opção de automaticamente importar as classes que são utilizadas no trecho.

Seleção Retangular

Para isso clique em "Alternar seleção retangular" na barra de edição (ou Ctrl+Shift+R). A seleção pode ser criada com o mouse ou com as setas do teclado usando Shift.
Possíveis ações:

  • Clique Del para remover o texto selecionado.
  • Digite novos caracteres, os quais serão replicados em todas as linhas
  • Recorte/Copie/Cole


Suporte ao Git finalizado

Suporte completo ao Git faz parte da distribuição padrão do NetBeans e está disponível logo após a instalação do IDE. Ele permite que usuários trabalhem com clones locais bem como provê possibilidade
de clone, fetch, pull ou push de repositórios remotos.

Histórico Local

Reverter exclusão

É possível escolher quais arquivos serão deletados.

Aba Histórico

Use a aba Histórico para acesso rápido ao Histórico Local.

Essas, dentre outras dicas podem ser encontradas em http://wiki.netbeans.org/NewAndNoteworthyNB71

1 de fev de 2012

Como remover PPA do Ubuntu?

O método correto para remover um ppa e usar pacote da versão do repositório oficial do Ubuntu é usando o ppa-purge.
Primeiramente, você precisa instalar o ppa-purge:
sudo apt-get install ppa-purge
Daí, você limpa o ppa instalado anteriormente. (Por exemplo, vlc-daily)
sudo ppa-purge ppa:videolan/master-daily
Assim, fizemos o downgrade para a versão estável do vlc.