4 de jul de 2014

Editor de Texto Atom

Recentemente o Github lançou seu editor de texto Atom, um editor bastante poderoso escrito com tecnologias web (HTML, CSS, Javascript) mas que funciona como aplicativo desktop nativo. Se isso parece familiar e lembra o node-webkit você está enganado.
Ele segue o mesmo princípio mas o Github lançou também o atom-shell, o que permite a criação desse tipo de aplicativo.

Integração com Node.js

Tudo aquilo que você faz com node em linha de comando pode ser integrado, através do atom-shell, no seu Atom, ou seja, acesso ao sistema de arquivos, executar ferramentas externas, iniciar serviços, etc. Quer dizer qualquer módulo do Node.js.


Design modular

É fácil criar um módulo e integrar ao Atom. E mais, é possível enviar as alterações para que outras pessoas possam usufruir do seu módulo através do canal Packages.

Instalação

Inicialmente o Atom só podia ser instalado em máquinas com arquiterura 64bit, mas isso já foi contornado com a criação de relases que suportam 32bit.

Para instalar a partir do código-fonte siga as instruções aqui.

Caso você use Ubuntu a equipe do WebUpd8 criou um ppa. Para instalar siga os passos abaixo:

sudo add-apt-repository ppa:webupd8team/atom
sudo apt-get update
sudo apt-get install atom


<http://www.webupd8.org/2014/05/atom-text-editor-ubuntu-ppa-update.html>


Dicas de utilização

Ao instalar vá até as preferências e defina como você deseja que seu editor se
comporte, instale pacotes e temas. Ele fica em File → Preferences ou Ctrl + , (Control e vírgula).




Para ter acesso a um painel de comando onde é possível encontrar tudo que dá para fazer com o Atom acesse o menu Packages → Command Palette → Toggle ou simplesmente Ctrl + Shift + P. Digite o que procura na caixa de texto ou navegue para encontrar.




Caso você esteja escrevendo em Markdown e queira pré-visualizar seu texto basta ir no menu Packages → Markdown Preview → Toggle Preview ou apenas Ctrl + Shift + M.


Para abrir um arquivo rapidamente use o atalho Ctrl + T, em seguida digite o nome do arquivo que deseja abrir.


Pacotes

Um pacote que eu considero essencial é o linter. Ele junto com os pacotes lint
de cada linguagem dão dicas em tempo real de erros, warnings ou melhorias do seu código.

Para instalar vá até as Preferências (Ctrl + ,), clique em Packages no menu esquerdo e busque pode linter. Junto com ele instale os pacotes lint das linguagens que você utiliza (a lista pode ser encontrada no site do linter acima).

Temas

Fazendo uma busca rápida em Themes, encontrei um tema muito bom chamado Seti. Para o syntax highlight eu uso o Monokai.