3 de abr de 2009

GNOME Vs KDE

Às vezes as pessoas veem os sistemas operacionais proprietários (Microsoft - Windows XP, Vista, Apple - Mac OS X)e os acham muito bonito, muitas vezes não fazem a miníma ideia de como são geranciados todos esses recursos da interface gráfica.

Isso tudo existe graças aos gerenciadores de janelas. No caso dos sistemas Open Source existem alguns desses softwares bem legais, dentre eles destacam-se o GNOME e o KDE, vejamos algumas diferenças entre eles.

GNOME

O GNOME, GNU Network Object Modeling Environment, baseia-se na biblioteca GTK. Ele apresenta quase as mesmas características do KDE, porém com algumas diferenças. Sendo apoiado pela RedHat (contribui com o desenvolvimento e coloca o GNOME como padrão em seus sistemas), o GNOME vem ganhando um espaço consideravél entre os usuários do Linux. O aplicativo mais interessante é o seu painel, que possui características únicas, podendo ser usado na maioria dos gerenciadores de janelas.

GTK é um acrônimo para GIMP Tool Kit. O GIMP (GNU Image Manipulation Program) é um poderoso editor gráfico, bem ao estilo do Adobe Photoshop, com licença GPL, o que significa que ele é gratuito, e pode ser distribuído livremente sem problemas. O GTK tem esse nome pois foi originalmente concebido para servir de ferramenta no desenvolvimento do GIMP. Devido a versatilidade das funções do GTK, hoje este é utilizado na produção de diversos outros programas além do GNU Image Manipulation Program, que variam desde pequenos utilitários, como o GTK-ICQ, até grandes projetos, como o gerenciador de Desktop GNOME.

KDE

O K Desktop Environment é o mais famoso Ambiente de Desktop existente. Baseado inicialmente na biblioteca gráfica QT, o KDE ganhou fama por ser muito fácil de usar e configurar, além de possuir suporte a vários idiomas, incluindo o português. Sua interface é bem amigável, por isso, já ganhou vários prêmios de sites e revistas de informática. Uma das características marcantes do KDE é a capacidade de usar qualquer window manager que seja compatível com ele, incluindo o que vem com o próprio KDE. Além disso, é possível mudar o tema das janelas.

Qt é um sistema multiplataforma para o desenvolvimento de programas de interface gráfica. Qt é mais notavelmente usado no KDE.
Utilizando Qt é possível desenvolver aplicações e interface com usuário uma única vez, e depois compilar o código fonte para diversos sistemas operacionais, sem que seja necessário reescrever o código fonte.


GNOME - (GNU Network Object Model Environment)- Rede de Objeto para Modelo de Ambiente.
GTK - GIMP Tool Kit - Gimp Conjunto de Ferramentas.
GIMP - (GNU Image Manipulation Program) - Programa para Manipulação de Imagens.
GPL - General Public License (Licença Pública Geral).
KDE - (K Desktop Environment) - Ambiente de Trabalho.
OPEN SOURCE - Código Aberto
WINDOW MANAGER - É um gestor de janelas que controla o posicionamento e a aparência em uma interface gráfica do usuário.

Agora é só vocês escolherem qual gerenciador usar.

Normalmente usam Gnome.
  • Debian
  • Ubuntu
  • Fedora
  • Slackware

Normalmente usam KDE.

  • Kurumin
  • OpenSUSE
  • Mandriva
  • Kalango
Mas nada impede de usarmos qualquer gerenciador em qualquer distribuição.
Mais uma vantagem do nosso Linux. :-)

Por: Francisco Darlildo